Início DESTAQUE Mergulhador morre em operação de resgate de garotos presos em caverna na Tailândia

ATENÇÃO SR(s) INTERNAUTAS

Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua

inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.

 

Mergulhador morre em operação de resgate de garotos presos em caverna na Tailândia

Mergulhador morre em operação de resgate de garotos presos em caverna na Tailândia
0
0
Saman Kunan, de 38 anos, era triatleta. Ele tinha ido levar oxigênio para o grupo, que está a cerca de 4 km da entrada da caverna.

O ex-integrante do grupo de elite da Marinha tailandesa Saman Kunan, de 38 anos, morreu na quinta-feira (5) durante os esforços de resgate do grupo de 13 pessoas que está preso na caverna Tham Luang, na Tailândia.

O mergulhador, que trabalhava voluntariamente na operação de resgate, tinha ido levar cilindros de oxigênio até o grupo, que está a cerca de 4 km da entrada da caverna. Na volta, que já aconteceu durante a noite, Saman morreu por falta de oxigênio.

O colega mergulhador ainda tentou reanimá-lo, mas foi em vão. “Sua missão era levar oxigênio, mas ele não teve o suficiente para a sua volta”, afirmou à BBC o deputado Passakorn Boonyaluck.

Mergulhador morre em resgate de garotos presos em caverna

O sargento Anuram Kaewchano, que era amigo de longa data de Kunan, disse à CNN que Kunan era triatleta.

“Ele estava em boa forma, ele se exercitava todos os dias e era triatleta. Não acredito que isso tenha acontecido”, afirmou, em choque.

De acordo com as autoridades, o trajeto entre a entrada da caverna até o grupo de 12 meninos e do técnico demora cerca de 11 horas para ser feito: seis horas na ida e cinco na volta.

“O mergulho é sempre cheio de riscos. Ele pode ter desmaiado, fazendo-o se afogar, mas temos que esperar pela autópsia”, disse o vice-almirante da Marinha, Aphakorn Yookongkaew, segundo a CNN. Apesar da morte, ele garantiu que as equipes continuarão a fazer o seu trabalho.

O grupo, que está preso desde 23 de junho, só foi encontrado por dois mergulhadores britânicos, após nove dias de intensas buscas, aglomerados sobre uma rocha. Eles descreveram o trajeto como tortuoso. A água lamacenta prejudica a capacidade de localização.

 Fonte: G1
Foto distribuída pelo Centro de Operações de Resgate mostra socorristas na caverna na Tailândia onde 12 meninos e um adulto estão presos (Foto: AP Photo)
Infográfico mostra onde está time de futebol e estratégias de resgate do grupo que está em caverna na Tailândia. 06/07/2018  (Foto: Karina Almeida e Juliane Monteiro / G1)
Imprimir

Comentarios

Comentarios

Web Miranda - Criação e Hospedagem de site 4
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
]